outubro 16, 2007

Cartão de crédito é realmente para crédito???

Posted in Educação financeira tagged , , às 19:29 por Arthur Gouveia

Notas e MoedaPedro e Arthur continuam a conversa…

– Arthur, o cartão de crédito é uma boa forma de conseguir dinheiro?

– Sai fora dessa! O cartão é, talvez, a pior forma de conseguir crédito!

– Por que?

– Taxas de juros. As mais altas praticadas hoje no mercado. Apesar disso o cartão pode ser um bom aliado. Tem vantagens e desvantagens…

– Quais?

– O cartão de crédito é uma das formas de pagamento que mais cresce no Brasil. Antigamente eram usados principalmente como formas de comprar itens à prazo. Hoje é uma importante forma de pagamento além de ser uma fonte de crédito…

– Fonte de crédito? Como assim?

– Alguns cartões permitem saques e todos permitem que você faça uma compra e não pague o valor total da fatura. A essa modalidade é dado o nome de “crédito rotativo”.

– Nossa, que legal!

– Seria sim, Pedro, se não fossem os juros. Os cartões de crédito, hoje, chegam a cobrar 12% ao mês para quem usa o crédito rotativo ou faz saques em caixas eletrônicos. Esta é a principal desvantagem do cartão. Mas todas as desvantagens podem ser eliminadas com educação financeira.

– Mas também existem vantagens, né?

– Claro! Com cartão você não precisa ficar carregando dinheiro ou cheque. Quase qualquer lugar aceita, você pode escolher a data do vencimento da fatura e fazer o dia coincidir com o crédito do seu salário e alguns trazem benefícios como acesso a salas vips e socorro mecânico. Agora, de todas essas vantagens, pra mim só vale o fato de ser muito aceito e de eu não precisar ficar carregando dinheiro. Fora isso, o resto é inutilidade.

– É verdade…

– Já as desvantagens são fortes! Juros exorbitantes, anuidades, possibilidade de comprar por impulso…

– Mas dá pra fugir disso?

– Como eu disse, com educação financeira. Se você sempre pagar as faturas em dia e no valor integral, nunca vai pagar juros. Se você chorar, brigar, espernear, ameaçar cancelar o cartão, não vai pagar anuidade. Se você for responsável e inteligente financeiramente, não vai sair comprando só porque o cartão tá ná mão…

– Então o cartão de crédito pode ser um bom negócio?

– Pode, desde que não seja usado como fonte de crédito. Se você está precisando de dinheiro, o cartão pode ser sua pior opção. Se você está endividado, quebre o cartão! Se você é consciente financeiramente use-o com parcimônia. Esqueça o limite que a operadora te dá, defina seu próprio limite e controle todos os gastos para não estourar.

– Beleza, Arthur. Saquei!